Base brasileira no Haiti deve ser ampliada


BBCBrasil.com
Bruno Garcez
Enviado especial da BBC Brasil a Porto Príncipe, Haiti

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega à capital haitiana, Porto Príncipe, nesta quarta-feira, onde irá se encontar com o presidente do país, René Preval, e com membros do governo interino do Haiti.

Durante sua visita, Lula deverá reforçar o papel dos militares brasileiros que comandam as forças de paz da ONU (Minustah, na sigla em francês) e defender a ampliação do número de soldados do Brasil na nação caribenha.

Na terça-feira, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, defendeu o aumento do número de tropas brasileiras em mais cem soldados, todos eles pertencentes ao Batalhão de Engenharia, que atuariam em obras de infra-estrutura.

O projeto de ampliação do número de soldados está atualmente parado na Câmara dos Deputados. Jobim defendeu a aprovação o quanto antes, argumentando que, assim que a Câmara aprovar o envio de militares, ”em 30 dias eles poderão se deslocar, estarão prontos, estarão preparados”.

”Basta andar pelas ruas para saber que isso (a presença dos engenheiros militares) é preciso”, afirmou o ministro.

Durante sua estadia no país, o presidente irá visitar a sede do Batalhão Brasileiro da Minustah e as instalações da Companhia de Engenheiros do Exército, que vem realizando obras de reconstrução na nação caribenha.

Segunda visita
Lula deve desembarcar em Porto Príncipe pela manhã e pouco depois seguirá para o Palácio Nacional, onde irá se encontrar com o presidente René Preval.

O presidente deverá participar de um almoço com o líder haitiano e assinar acordos de projetos de cooperação no setor agrícola e no combate à violência contra a mulher.

De acordo com um relatório divulgado pela Anistia Internacional nesta quarta-feira, a violência contra as mulheres e a falta de acesso à Justiça no Haiti são motivo de ”grande preocupação” para a entidade.

A ONG afirmou ainda que denúncias de agressões sexuais registraram um aumento em relação aos anos anteriores e que as mais sujeitas à violência sexual no país são as jovens, com mais da metade dos incidentes atingindo menores de 17 anos.

Na terça-feira, a ONG britânica Save The Children acusou as forças de paz presentes no Haiti de praticarem abusos sexuais contra menores.

O comandante das forças de paz da ONU no país, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, pediu que a entidade forneça casos concretos de abusos cometidos por militares, para que possam ser abertos inquéritos sobre as supostas denúncias.
————————-
O general Carlos Alberto só está cumprindo o papel dele: defender as forças armadas. Este é exatamente o problema, “só” está cumprindo o papel. Em vez disso, deveria logo iniciar um trabalho de investigação para encontrar logo os malvados benfeitores. Isto sim seria um trabalho exemplar, para colocar mais confiança da população e do mundo na atuação militar, em especial a brasileira.

Por outro lado, não devemos esperar tanto, afinal, é só um general.

Anúncios
Etiquetado , , ,

3 pensamentos sobre “Base brasileira no Haiti deve ser ampliada

  1. Elisangela disse:

    Meu noivo esta nessa missão no haite ele faz parte do 9º contigente, gostaria de saber das condições dos alojamentos na base brasileira, ja que o presidente quer tanto se mostrar solidário.

  2. Carlos Maciel disse:

    Olá Elis,

    Não se esqueça que o presidenté é um político, e assim sendo, ser solidário tem outro significado. Neste caso, solidariedade é para com outros políticos e não para com a população.

    Vou fazer umas pesquisas e se descobrir algo, te aviso.

    Segura as pontas!

  3. Carlos Maciel disse:

    Olá Elisângela,

    Encontrei algumas informações que acredito atendem suas expectativas. Dê uma olhada em :

    http://www.alide.com.br/Artigo/logisticahaiti/logisticahaiti.htm

    No parágrafo Os brasileiros em Port-au-Prince, tem imagens e um texto a respeito de como vivem os brasileiros no Haiti.

    Mais detalhes em:

    http://www.defesanet.com.br/missao/haiti_07_6.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: